O Programa Famílias atua em 3 frentes oferecendo atendimento a famílias no critério de vulnerabilidade social, buscando o fortalecimento das relações familiares e comunitárias
0

pessoas atendidas

0

visitas domiciliares
0

famílias atendidas
0

Atividades Socioeducativas
R$
0

custo por família/mês

O Programa Famílias oferece atendimento a mil famílias no critério de vulnerabilidade e risco social. Por meio de atividades socioeducativas, o projeto busca fortalecer vínculos familiares e comunitários. As ações são desenvolvidas a partir das demandas sociais apresentadas pelas famílias que procuram o Educandário Dom Duarte e pela comunidade do Distrito Raposo Tavares.

O programa atua em 3 frentes:

  • null

    Atendimento Psicossocial

    Desenvolve atendimentos personalizados – individuais ou em grupo – às famílias que procuram orientação, acompanhamento social e/ou encaminhamento para a demanda identificada.

  • null

    Relações Sociais e Comunitárias

    Proporciona espaços de diálogos entre as famílias, por meio de ações socioeducativas e de convivência, que visam fortalecer os vínculos familiares e comunitários, além de desenvolver habilidades e autonomia para a vida.

  • null

    Articulação de Rede

    Articulação com as outras políticas públicas, organizações privadas e com participação nas redes locais, visando um atendimento mais efetivo às famílias na garantia dos seus direitos.

O programa atende a política pública SASF – Serviço Atendimento a Família e proteção Básica no Domicílio, também visam promover a inclusão social, o fortalecimento de vínculos familiares, e autonomia dos beneficiários do serviço.

O Programa Famílias é conveniado à Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS)

Atividades desenvolvidas

  • Oficinas lúdicas para crianças
  • Artesanatos
  • Culinária
  • Musicalização
  • Reuniões socioeducativas
  • Grupo de convivência
  • Visitas domiciliares
  • Eventos

As famílias atendidas foram encaminhadas pelo Centro de Referencia da Assistência Social (CRAS) da Prefeitura de São Paulo.

  • “Pensamos em um espaço de convivência e socialização que permitisse aos participantes a interação social fora do ambiente familiar. Além de ter um resultado imensurável em nossas mãos, damos a oportunidade para essas pessoas viverem a música e todos os benefícios que ela traz”. Para esta atividade, simultaneamente, os pais participam de grupos de convivência comunitária, visando à integração, ao fortalecimento das relações, bem como à compreensão da condição específica de seus filhos, esclarece.

    Shirley Christiane Basílio
    Coordenadora do Programa Famílias
Galeria de fotos
Liga TV

Programas Liga Solidária